Escolha uma Página

Aprenda o passo a passo de um bom planejamento tributário

Abrir empresa no Brasil não é tarefa fácil carga tributária brasileira é extremamente alta, os impostos mais elevados da América Latina e arrecada mais que

muitos países que são considerados ricos.No Brasil, o regime tributário impacta tanto as empresas financeiramente que se torna necessário um Planejamento
Tributário.

Sócio paga dívida da empresa? leia neste post clicando aqui

A realização do Planejamento Tributário requer uma sequência de passos.

 

O 1° passo é que sejam conhecidos todos os setores e atividades que a empresa desenvolve, tais como: estrutura,
operacional, financeiro e administrativo.

O 2° passo é ter uma noção de legislação tributária.Não há necessidade de ser um expert no assunto, mas é fundamental que sejam lidas algumas bibliografias a respeito, mesmo tendo um bom contador ou advogado da esfera trabalhista.

O 3° passo é colocar em prática todas as informações adquiridas no 2° passo, ou seja, o conhecimento da
legislação tributária. O 3° passo é a averiguação e o entendimento do funcionamento de cada regime tributário e
qual a melhor modalidade escolher para a empresa.

O 4° passo é que seja averiguado o impacto do PIS e COFINS no planejamento tributário. É sempre bom lembrar
que o PIS e o COFINS são calculados diretamente sobre o faturamento total da empresa. Também, é bom que seja
observada a economia na sua totalidade e não considerar apenas o Imposto de Renda e a Contribuição Social.

 

O 5° passo é saber quais são as expectativas da empresa a médio e curto prazo. Anualmente, o regime tributário
sofre alterações e é muito importante ter em mente o que a empresa espera para o ano seguinte, se há plano de
expansão e perspectiva do fluxo de caixa e o orçamento.

O 6° e último passo é a decisão do regime tributário a ser adotado. O contador dá opiniões e informações, mas quem
decide é o gestor ou gestores da empresa. Os prós e contras devem ser observados em detalhes e com muita
atenção, pois, após a determinação do regime tributário, o pagamento da primeira guia e a entrega da declaração de
rendimentos, o regime tributário não poderá ser alterado. A alteração só poderá ser realizada no próximo ano.

WhatsApp chat